segunda-feira, 11 de agosto de 2008

pensar ou não pensar?

Acho que pela primeira vez em minha vida deparo-me com uma situação em que deliberadamente opto por não querer pensar a respeito. Não é novidade pra mim que o pensamento pode nos levar a pairagens abstratas e por muitas vezes distantes da realidade, de nossos sentimentos e sentidos mais profundos.

Já posso escutar os racionalistas arrepiando pra cima de mim. Os mais platônicos e muitos cristãos dirão que os sentimentos (paixões) é que são a ilusão, é a isso que devemos nos abster. Cabe aqui dizer que me considero "cristão" de certa forma. Não quero abrir mão de um nem de outro, mas ser racional nesse momento fará com que eu me afaste do que de mais real estou vivendo e sentindo.

Viva a irracionalidade e a veracidade dos sentimentos! Viva os animais e a simplicidade com que lutam inquestionavelmente pelo que lhe garante a vida! Quero sobreviver, quero ser feliz! Qual o preço que tenho que pagar: abdicar em nome da razão ou atropelar tudo em nome de sentimentos?

2 comentários:

Alessandra Rocha disse...

"Pensar e SENTIR"
Um complementa o outro.. E que se danem os racionalistas.. muitas vezes pessimistas lamentáveis.. mosca de padaria que vivem a rodiar, rodiar.. RODOPIAR só em torno de seu próprio eixo, sem chegar a lugar nenhum!!!

hehe..
depois dessa.. um pouco de ternura:
Um beijo e um queijo...
Ale.

Mayara disse...

Atropela!!!

Related Posts with Thumbnails

Veja também