domingo, 31 de agosto de 2008

tentando (reflexão pueril sobre o tempo)

Tentando compreender o tênue limite que separa ser determinado, ser mimado e ser imediatista. Tentando compreender a sensação de sonho, de surrealidade, que desaparece subitamente nos deixando a vida real (este tema está virando recorrente neste blog). Tentando me enganar que amanhã tudo será diferente, tentando esquecer que sempre que espero o amanhã chegar, ele vira hoje. Não adianta: conto os segundos para o amanhã, e no exato momento em que estou mais perto, acontece alguma espécie de giro mágico e ainda é hoje (ou será que é hoje mais uma vez?), e fico novamente a 24h do amanhã. Ai! amanhã que me foge, deixando-me eternamente com o hoje..! Que me resta hoje? Resta-me esperar o amanhã, porque hoje já não dá mais, ou ainda, "hoje só amanhã"...

Mas não podemos nos esquecer do ontem. Ah! o ontem..! Ontem foi tão bom! Engraçado é que o que hoje chamo de "ontem", ontem chamei de "hoje". Óbvio, eu sei, mas essa conclusão me faz repensar o que fazer no dia de hoje. Oh, Tempo, senhor fugaz e implacável dos dias e das noites, dos hojes, amanhãs e ontens, eterno condutor do ritmo da vida, permita-nos acreditar que somos nós quem estamos com as rédeas da situação: doce ilusão! Quero aprender a sentir seu sopro e voar leve em sua toada. Por ora, vou truncando nas pedras do caminho, o que quer dizer que tenho os pés no chão. Mas ando com a cabeça erguida e até ouso olhar para o céu e sonhar. Volto a viver e tento diminuir a distância entre esses dois verbos: sonhar e viver.

Não sabendo que era indizível, ele foi lá e escreveu. Escreva! Quem sabe? Quem sabe o dia de amanhã? Quem dita o padrão do que é "bem escrito" ou "mal escrito"?

2 comentários:

Raphael disse...

Existem 2 crenças basicas que regro minha vida...

1- O verdadeiro vencedor, não é necessariamente aquele grande empresario, que esta rico, feliz, com famili e etc...O verdadeiro vencedor é aquele que venceu a si proprio, seus medos, deficiencias, dificuldades e etc... Como é dificil sermos mais fortes que nossas preguisas e dificuldades...

2- Encontrar a felicidade naquilo que ja temos e não depositar essa felicidade naquilo que gostariamos de ter. É burrice esquecermos do que estamos fazendo hoje, vivendo infelizes pensando no amanhã...é dificil eu sei...mas o ideal é encontrar a felicidade naquilo que temos e projeta-la também ao futuro, assim o presente se torna feliz...

Tudo isso eu não faço direito..mas busco assim!!!

É isso ae hermanoo!
Saudades Imensas!

Queta disse...

Você está certo!!! faço a mesma coisa

Related Posts with Thumbnails

Veja também